A Edge Computing foi citada pela Gartner como uma das principais tendências de TI,ela visa simplificar as operações em cloud computing e permite a análise de dados em tempo real.

Ela pode ser uma solução complementar à computação em nuvem, oferecendo mais eficiência ao serviço.

O Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento imparcial em tecnologia, destaca que muitos projetos de negócios digitais criam dados que podem ser processados de forma mais eficiente quando o poder de computação está perto dos sistemas ou das pessoas que os geram.

Os líderes de Infraestrutura eOperações de TI (I&O) encarregados de administrar soluções tecnológicas, deveriam entender o valor e os riscos associados ao negócio, uma vez que Edge Computing aborda essa necessidade de capacidade localizada de processamento na infraestrutura de TI.

“Atualmente, cerca de 10% dos dados empresariais gerados são criados e processados fora do Data Center tradicional ou por meio de Cloud. Até 2022, o Gartner prevê que esse número chegue a 50%”, afirma Santhosh Rao, Analista de Pesquisas do Gartner.

O Gartner define Edge Computing como soluções que facilitam o processamento de dados próximo da origem – ou até mesmo na origem– da geração das informações.

No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as raízes de geração de dados são normalmente ações com sensores ou dispositivos embutidos.

Edge Computing serve como uma extensão descentralizada das redes do campus (rede que cobre uma única localização no cliente), redes de celular, redes de central de dados ou de Cloud.

O Que É A Edge Computing?

Conhecida também como Fog Computing, pela Cisco, a Edge Computing é uma rede composta por micro data-centers onde a sua principal função é processar dados locais. Após esse procedimento, os dados são enviados para um repositório e armazenado na nuvem.

Entenda Como O Edge Computing Funciona

Ao utilizar a tecnologia, a empresa passa a enviar apenas uma parte dos dados diretamente para a nuvem. Antes disso, os dados remanescentes utilizados com maior frequência são compilados e armazenados em um local físico mais próximo do usuário.

O processo faz com que apenas as informações mais relevantes atravessem a rede, reduzindo o tráfego de dados do meio. [

Para exemplificar, imagine um carro autônomo. Por ser praticamente um data center sobre rodas, o veículo equipado por um dispositivo de borda pode operar uma viagem sozinho por meio de uma transmissão de dados em tempo real.

Veja Como A Cloud Computing Pode Ajudar A Edge Computing

Com tudo o que foi dito até aqui, é normal termos a impressão de que a Edge Computing vem para substituir a Cloud Computing. Mas isso não passa de um engano.

Como o crescimento do uso da banda tem aumentado nos últimos anos. E no lugar de depender exclusivamente da Cloud Computing, a Edge tem a função de diminuir o tempo para o envio de dados para a rede.

Por exemplo: caso algum gestor precise consultar rapidamente um dado, ele pode optar por armazenar a informação na Edge.

Onde Ela Pode Ser Usada?

Ela também é recomendada quando o processamento de informações têm alta sensibilidade à latência. Isso porque ela é capaz de reduzir esse risco ao diminuir a distância em que os dados precisam percorrer.

As empresas de serviços financeiros ou indústrias fabris, por exemplo, podem ser beneficiadas com essa estrutura ao manter
os principais dados próximos à sua infraestrutura.

O Que É Edge Computing E Qual A Diferença De Cloud Computing?

Edge computing é uma metodologia utilizada para otimizar ainda mais os serviços de computação em nuvem. Em vez das informações serem disponibilizadas direto para um servidor em cloud, elas primeiramente são processadas e coletadas em um local próximo de onde são criadas. Assim, as empresas podem analisar os dados em tempo real.

Essa prática permite que as conexões sejam otimizadas, gerando um tempo de resposta mais rápido para o usuário. É importante compreender que essa é uma solução complementar à cloud computing, afinal, os dados ainda serão enviados para uma rede em nuvem.

Um dos grandes benefícios da edge computing é que ela consegue dar mais estabilidade para a conexão e minimiza os problemas de latência. A edge, então,permite executar os trabalhos de forma desconectada da rede.

Published On: setembro 29th, 2021 / Categories: Notícias Consultimer /

Inscreva-se em nossa newsletter

e receba conteúdos exclusivos.

Obrigado pela mensagem. Em breve responderemos!
Ocorreu um erro ao tentar enviar a sua mensagem. Por favor tente novamente.

Posts Relacionados